Notícias

Seminário Estadual de Gestão Pedagógica é realizado em João Pessoa

15 de junho de 2015

Lançamento do Plano de Metas de Indicadores Educacionais das escolas estaduais marca evento

Gerentes regionais de Educação, coordenadores pedagógicos das GREs, diretores e professores participaram, no dia 9 de junho, do Seminário Estadual de Gestão Pedagógica (Segep), realizado no auditório da Asplan,em João Pessoa. Na ocasião, ocorreu o lançamento do Plano de Metas de Indicadores Educacionais das escolas estaduais. O evento foi presidido pela secretária executiva de Estado da Gestão Pedagógica da Educação, Roziane Marinho. A abertura contou com a apresentação da quadrilha junina “Cabrita Cherosa”, da Escola Estadual Ursula Lianza.

Roziane manifestou satisfação em ver o auditório lotado: “isso é sinônimo de que todos estão comprometidos com a qualidade da educação na Paraíba, que vem melhorando a cada ano”.

A professora complementou, à assessoria do Governo da Paraíba, enfatizando que o Plano de Metas será elaborado a partir dos resultados do Índice de Desenvolvimento da Educação da Paraíba (IDEPB) entre2012 a2014, que é um instrumento implantado pelo Governo do Estado para a prática da avaliação contínua, considerando não apenas o resultado, mas o processo. “Precisamos valorizar este instrumento, pois nós queremos garantir aos alunos o direito de aprender com eficiência”, completou.

Na ocasião, foi lançado também o Plano de Intervenção Pedagógica, que visa trabalhar na escola o alcance das metas. “A partir da proposta, cabe a cada escola avaliar sua prática educativa, planejar e elaborar seu Plano, envolvendo toda a comunidade escolar, para que os índices sejam alcançados no IDEPB, o qual será aplicado em setembro deste ano”, explicou Roziane.

Durante o evento, também foram discutidos os aspectos conceituais e metodológicos do Plano de Metas, pelo analista de avaliação do Centro de Políticas Públicas e Avaliação da Educação da Universidade Federal de Juiz de fora (CAEd/UFJF), Luiz Vicente, e apresentada à proposta de Plano de Metas por escola, além de estudo de caso, pelo coordenador de Análises e Publicações, também do CAEd, Wagner Rezende. O coordenador reforçou a importância de reunir os atores da educação para produzir diagnósticos que fomentem as políticas públicas. “Com o IDEPB, os resultados chegam em tempo hábil, gerando informações específicas para a rede da Paraíba”, ressaltou.

As metas das escolas da rede estadual de ensino foram calculadas, utilizando as informações do IDEPB, levando em conta o fluxo escolar e a proficiência dos estudantes, de modo que, no âmbito estadual, cada escola alcance a previsão de: média 6,0 em 2021 para o 5º ano, média 6,0 em 2025 para o 9º ano e média 6,0 em 2028 para a 3ª série do Ensino Médio.

À tarde, a secretária Roziane Marinho abordou o Plano de Intervenção Pedagógica a partir das metas do IDEPB, além da apresentação de experiências exitosas de escolas estaduais que desenvolvem ações a partir da análise dos resultados deste índice.

Com informações: Governo da Paraíba